New Functions for MS-Project (Part 1)

  • Dynamic Resource Scheduling with automatic scheduling based in resources
  • True Critical Information: RCP – Resource Critical Path

A quick video that demonstrates the power of Dyress as it will seek several solutions to level a project and therefore find paths that sometimes can be 15% or even 30% shorter than what is calculated originally by MS-Project.

Also it is important to verify the actual critical path once a project is resource loaded, as MS-Project will only display the traditional critical path, not displaying where the lack of resources will actually make the project slip.

Neste pequeno vídeo, temos um exercício onde podemos perceber que o mecanismo de nivelamento do MS-Project é limitado a uma única avaliação da distribuição do tempo entre pessoas, de tal forma com que dependendo da ordem com que as atividades são colocadas, o resultado pode ou não ser a melhor opção em termos de prazo.

Dyress realiza diversas avaliações para um único nivelamento; em projetos maiores e com dezenas de combinações possíveis, a diferença de durações calculadas pelo algoritmo nativo do MS-Project com o Dyress são ainda maiores e há casos em que um cronograma nivelado com Dyress já chegou a ser 30% menor que o seu equivalente no método original.

Outro ponto importante é a sinalização do caminho crítico, tendo em vista que o MS-Project realiza o cálculo somente considerando dependências entre atividades, o que significa mostrar apenas as atividades sem folga por conta de sequência lógica, não de recursos.  Para projetos nivelados por recursos, isso significa colocar como crítica uma atividade que na realidade pode ser atrasada e vice-versa.

Dyress vai mostrar o caminho crítico por recursos, ampliando a condição de gestores e equipes de realizarem as atividades que influenciam a duração total do projeto com maior atenção.